Polícia basca impede suicídio coletivo de jovens combinado nas redes sociais

01/09/2017 10:42

Instigador do suicídio foi detido da Argentina, mas a polícia do País Basco sabe que o responsável recrutava jovens de ambos os lados do Atlântico.

Uma investigação da polícia do País Basco conseguiu impedir um suicídio coletivo de um grupo de jovens que fora combinado através das redes sociais, avança o El País. O número total de membros do grupo não foi revelado, nem as diferentes nacionalidades, ainda que o Departamento do Interior basco tenha confirmado que uma jovem é natural de Guipúzcoa, San Sebástian.

De acordo com o jornal espanhol, a investigação envolveu vários organismos internacionais de ambos os lados do Atlântico, nomeadamente a Interpol, tendo sido detido na Argentina o presumível instigador do suicídio. Trata-se de um jovem de 17 anos.

Ler mais

Voltar